Publicidade
/ Notícias da Saúde / "Operação Chuvas de Verão"
Imprimir notícia

Tamanho da letra

20/01/2019 às 07:20 por Notícias da Saúde
"Operação Chuvas de Verão"
Planos preventivos auxiliam a população
créditos: Jornal A Verdade

Verão é época de calor intenso e fortes chuvas. Por causa da grande quantidade de água que chega em um curto espaço de tempo, acontece o acúmulo nas ruas e nos perímetros urbanos e também o transbordamento de rios e lagos. Por isso, até o dia 31 de março, as defesas civis da região estão empenhadas na â??Operação Chuvas de Verãoâ?? colocando em prática os planos preventivos, que visa entre outras ações, antecipar os transtornos ocasionados pelas fortes chuvas deste período.

Nos últimos dias a região vem sendo atingida por chuvas fortes. Só em Jundiaí, segundo a defesa civil, o acumulado para o mês de janeiro/2019 está em 177 mm, o que representa quase que a metade de chuva esperada para todo o mês.

Segundo o coronel João Osório Gimenez Germano, coordenador da Defesa Civil de Jundiaí, a expectativa para os próximos dias é de chuvas, principalmente no período da tarde. â??Esta semana estamos no estado de observação. Isso por que o volume de chuvas está em 80 milímetrosâ?, destacou, observando que se a quantidade de chuva for maior é decretado o estado de atenção.

Gimenez destacou ainda que as defesas civis da região estão sempre em contato para que haja um maior monitoramento das chuvas na região. â??Inclusive conversamos fora deste período. Não temos um plano regional de prevenção, por que cada município tem um plano próprio, mas temos uma atuação de solidariedade que consistem na ajuda mutuem caso de necessidadeâ?, destacou.

Região

Em Campo Limpo Paulista as chuvas são monitoradas em tempo real pelos agentes da defesa civil e, conforme a necessidade, as equipes são deslocadas para os bairros e realizam vistorias. â??Nesse período temos um aumento pluviométrico que pode causar alagamentos, enchentes, escorregamentos e muitas quedas de árvore. Por isso, a população deve ficar atentaâ?, comenta o coordenador da Defesa Civil, Bruno Galvão, lembrando que a Defesa Civil só deve ser acionada em casos de emergência, uma vez que falsa comunicação é crime.

Várzea Paulista também possui seu plano de contingência municipal e segundo o coordenador da Defesa Civil, Cristiano Vargas, em caso de uma catástrofe é através deste plano que serão acionados os agentes que tomarão as medidas emergenciais. â??No caso da retirada de uma família ou mesmo num caso de desmoronamento  o plano determina as açõesâ?, destacou, lembrando do desmoronamento de terras deixou morador da rua Ilha Bela, na Vila Real, soterrado na sexta-feira (04).

Cuidados antes

Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de inundação; â?? Coloque documentos e objetos de valor em sacos plásticos bem fechados e em local protegido; â?? Feche as portas, janelas e o registro de entrada de água; â?? Desconecte os aparelhos elétricos da corrente elétrica para evitar curtos-circuitos; â?? Retire todo o lixo e leve-o para áreas não sujeitas a inundações e Retire os animais de estimação de casa;

Cuidados durante

Proteja a sua vida, a de seus familiares e amigos. Evite contato com as águas de enchentes, elas estão contaminadas e podem provocar doenças; Evite voltar para casa até as águas baixarem e o caminho estar seguro. Só entre na água se for absolutamente necessário, usando botas de borracha;

Cuidados depois

veja se a sua casa não corre risco de desabar; Remova a lama e o lixo do chão, das paredes, dos móveis e utensílios. Não use equipamentos elétricos que tenham sido molhados; Lave e desinfete os objetos que tiveram contato com as águas da enchente;  Evite beber água ou comer alimentos que tiveram contato com as águas da inundação, pois eles podem estar contaminados.



Espalhe por aí


Comentários
Deixe seu comentário